Quais o desafios do gerenciamento de ambientes multicloud? – Planus

Quais o desafios do gerenciamento de ambientes multicloud?

10/11/2020

Quais o desafios do gerenciamento de ambientes multicloud?

O gerenciamento de várias nuvens é o futuro na computação em nuvem. O relatório anual State of the Cloud Report da RightScale afirma que as organizações estão atualmente aproveitando os seus serviços em uma média de cinco soluções em nuvem.

Não é errado afirmar que esse nível de diversidade requer mais do que as ferramentas de gerenciamento nativas de cada provedor de nuvem.

Basicamente, o gerenciamento de várias nuvens é o processo de implantação da mistura de nuvens privadas e públicas em uma organização, para evitar o aprisionamento do fornecedor e explorar os melhores serviços disponíveis sem comprometer os custos.

Ao adotar uma estratégia de múltiplas nuvens, as organizações podem escolher um provedor de nuvem geograficamente próximo a elas, melhorando assim o desempenho. A adoção de várias nuvens também ajuda as organizações a gerenciar os requisitos de conformidade e melhorar a resiliência.

O que é Multicloud Management?

O gerenciamento de várias nuvens é a capacidade de gerenciar serviços baseados em nuvem em vários fornecedores a partir de um único ambiente centralizado.

Uma solução de gerenciamento de várias nuvens deve criar fluxos de trabalho consistentes que ajudem a gerenciar o provisionamento da infraestrutura da organização em muitos fornecedores de nuvem pública.

Ela também deve fornecer a visibilidade necessária para criar conectividade e segurança contínuas entre os componentes.

Alguns recursos de gerenciamento de várias nuvens bem pensado incluem:

  • Provisionamento de autoatendimento. Os usuários podem escolher qual ambiente de computação em nuvem implementar, dependendo de seus requisitos, com intervenção mínima do fornecedor de nuvem.
  • Tarefas agendadas. Os usuários podem planejar e realizar suas tarefas em diferentes intervalos definidos.
  • Automação de fluxo de trabalho. Os usuários podem executar as etapas necessárias para criar e gerenciar instâncias de computação sem a necessidade de intervenção humana.
  • Recursos de relatórios. Os usuários devem acessar vários relatórios em uma única interface centralizada.

Desafios do gerenciamento Multicloud

Suponha que você tenha uma infraestrutura de várias nuvens e uma nuvem local. Nessas circunstâncias, você enfrentará muitos desafios, incluindo a falta de profissionais de TI, o processo de migração, gerenciamento, padrões de conformidade e Interoperabilidade.

1.   Escassez de profissionais de TI qualificados e experientes

As linhas de negócios estão exigindo um serviço mais rápido para se manterem competitivas, colocando pressão adicional nos departamentos de TI com poucos recursos, cuja equipe pode não ter as habilidades necessárias para gerenciar ambientes de nuvem.

É fundamental para a empresa ter o conhecimento certo para migrar aplicativos para a nuvem certa, para que os aplicativos sejam executados com desempenho e eficiência máximos.

Além disso, o gerenciamento contínuo requer mais recursos do que os disponíveis. Aproveitar um provedor que oferece serviços de nuvem gerenciada irá liberar o tempo da equipe que precisa ser gasto em tarefas de prioridade mais alta e ajudará a reduzir o risco geral dos negócios.

2.   Migração

Para a maioria das organizações, a migração para a nuvem múltipla é um desafio significativo, especialmente quando a migração envolve vários data centers, locais remotos e usuários móveis.

Garantir o acesso seguro aos ativos da nuvem com redes legadas geralmente leva a duas opções – direcionamento do tráfego da nuvem para um ponto de acesso central à Internet ou envio do tráfego da nuvem diretamente para a Internet.

O planejamento desempenha um papel importante no processo de migração. A solução certa de gerenciamento de várias nuvens pode ajudá-lo a migrar aplicativos com padrões e políticas existentes em sua nova rede em nuvem.

3.   Gerenciamento

O gerenciamento de várias nuvens pode se tornar caro em casos em que os usuários não conseguem encerrar serviços ou instâncias em nuvem não utilizados. Esse processo é comumente conhecido como expansão da nuvem. Em tais ambientes, os custos associados a cada serviço ficam fora de controle.

É necessário ter uma maneira consistente e flexível de implantar e gerenciar aplicativos. As soluções multicloud permitem isso simplificando e automatizando o gerenciamento de aplicativos.

Além disso, melhorando a flexibilidade com recursos como backup de várias nuvens , recuperação de desastres e a capacidade de mover cargas de trabalho. Sem falar na redução de custos graças à análise inteligente de dados.

4.   Conformidade

Como o Cloud Computing fornece agilidade e flexibilidade, ele também interrompe o processo de planejamento e aprovação, o que dá origem a problemas de conformidade em ambientes de várias nuvens, o que leva a shadow IT, estouro de orçamento e problemas de segurança.

As organizações precisam definir padrões para o consumo de serviços e recursos em nuvem conforme definem seus processos de negócios.

Com o modelo de responsabilidade compartilhada da nuvem, escolher a configuração certa para serviços e recursos, otimizar a utilização e custo de recursos e proteger os dados nos recursos da nuvem é propriedade dos consumidores da nuvem para plataformas de nuvem pública e privada.

5.   Interoperabilidade

Em várias nuvens, os desenvolvedores exigem padrões comuns para integrar e gerenciar o ecossistema do fornecedor para ajudar a resolver esses problemas. Um ecossistema coeso de várias fontes requer a interoperabilidade entre diferentes provedores de computação em nuvem, integrando em seis áreas principais, incluindo negócios, organização, informações, governança, processos e aplicativos via API.

Por exemplo, a camada de rede é um componente crítico de integração da nuvem múltipla e também precisa ser projetada para permitir que as empresas executem seus aplicativos em um ambiente de computação híbrido.

O controle, a segurança e a visibilidade da rede precisam se estender para nuvens públicas e múltiplas, fazendo com que esses ambientes pareçam uma única rede, com um único painel de funcionalidades de gerenciamento de vidro.

Ao implantar aplicativos em um ambiente com várias nuvens, é provável que você se depare com adaptações de aplicativos específicas para a nuvem e problemas de reconfiguração.

Mover esses aplicativos entre várias nuvens requer um trabalho significativo e, em alguns casos, funciona de maneira diferente, levando a ineficiências.

Centralização é a chave no gerenciamento Multicloud

A maneira mais comum de reduzir a complexidade em ambientes com várias nuvens é centralizando o gerenciamento em toda a infraestrutura. A ideia é reduzir o número de interfaces de gerenciamento em todas as nuvens para uma e gerenciar tudo a partir de um único painel de vidro. Plataformas de gerenciamento de nuvem e ferramentas semelhantes são normalmente usadas para essa finalidade.

Empregar soluções projetadas para ambientes Multicloud

Apesar de sua importância, centralização não é suficiente. Também é crucial escolher soluções que estejam prontas para várias nuvens.

Por exemplo, um dos usos mais comuns de ambientes em nuvem (várias nuvens ou outros) é aproveitá-los como uma plataforma para implantação de aplicativos virtuais e desktops. O aplicativo virtual real e a própria solução de entrega de desktop devem oferecer suporte imediato a várias nuvens.

Um ambiente Multicloud oferece a vantagem de misturar e combinar recursos de nuvem, minimizando os riscos de bloqueio do fornecedor, garantindo alta disponibilidade e segurança. O uso de vários provedores de nuvem também pode reduzir o risco de perda de dados ou tempo de inatividade devido à falha de um único provedor.

Mas, para aproveitar os benefícios de várias nuvens, você precisa projetar, gerenciar e monitorar cuidadosamente sua implantação e custos na nuvem. Entre em contato agora mesmo com a Planus e vamos fazer juntos o melhor caminho para o mundo da computação em múltiplas nuvens.

Sobre a Planus Cloud, Networking & Services

Reconhecida como uma das maiores integradoras de tecnologia do Brasil, a Planus Tecnologia passou a fazer parte do grupo VINCI Energies, grupo Europeu de origem Francesa com forte atuação ao redor do mundo, nos negócios do setor energético, automação industrial e tecnologia de informação.

Com seus pilares fundamentados em inovação e qualidade, a Planus é a primeira aquisição especializada em Tecnologia no Brasil e com isso passou a ser um provedor global de tecnologia, com capacidade para oferecer o mais completo portfólio de tecnologia e as melhores soluções e serviços para suportar toda a transformação digital dos nossos clientes.

Com um perfil consultivo e forte embasamento para orientar os seus clientes sobre o melhor horizonte a seguir, a Planus Cloud, Networking & Services tem como um dos grandes diferenciais a capacidade de atender as necessidades específicas de cada um deles, seja no modelo tradicional On Premise, no modelo Híbrido ou Cloud.

Atua em projetos de ponta a ponta, o que inclui Disaster Recovery, Backup as a Service, alta disponibilidade, soluções de Cloud Services, Networking, Telefonia as a Service, Management Services, Suporte e Manutenção de Hardware, Software e rede, Serviços de gestão de service desk, até toda a estratégia e implantação de projetos.

RELATED POST

RELATED POST
1/12/2020

Quais as novas oportunidades de inovação a IOT trará para os negócios?

A Internet das Coisas (IoT) está moldando ativamente os mundos dos negócios [more]

24/11/2020

Qual impacto que a estratégia de continuidade de negócios pode trazer no orçamento da sua empresa?

Incêndios, terremotos, inundações, quedas de energia e outros tipos de desastres atingem [more]

24/11/2020

Com as mudanças causadas pela pandemia, como mitigar riscos que prejudicam a empresa?

Quando você pensava que tinha sua rede sob controle, tudo deu errado [more]

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.