A cibersegurança é essencial para a sobrevivência da empresa – Planus

A cibersegurança é essencial para a sobrevivência da empresa

24/09/2019

A cibersegurança é essencial para a sobrevivência da empresa

O mundo on-line oferece às empresas atualmente o potencial de alcançar uma base de clientes mais ampla, usar fornecedores internacionais e até economizar em custos administrativos ou de fornecimento.

No entanto, o mundo dos negócios pode trazer o potencial de fraudes e riscos de segurança. Um único ataque bem-sucedido pode comprometer seriamente seus negócios e causar ônus financeiro para você e seus clientes, além de afetar a reputação de seus negócios.

É por essa razão que tem se tornado cada vez mais forte e essencial para as empresas, de qualquer porte ou segmento, implementar uma estratégia eficaz de cibersegurança integrado aos principais processos de negócios de uma organização.

60% das empresas tem potencial de quebrar em 6 meses por conta de um ataque cibernético

As empresas atuais têm tudo a ver com gestão de riscos, já que nenhum risco pode ser evitado com 100% de certeza. Mas e se eu lhe disser que existe um risco que coloca 60% das empresas fora do negócio em apenas 6 meses?

Além disso, e se eu lhe dissesse que é praticamente certo que sua empresa, no momento que você está lendo esse artigo, já sofre as consequências desse risco e você nem sabe disso? Pior ainda, aposto que a maioria das pessoas que lê esse conteúdo mal está preparada para o que pode acontecer.

O ataque cibernético é um risco real e imediato.

Embora a cibersegurança chegue ao nosso conhecimento por causa de grandes violações, a exemplo do que ocorreu com empresas como Target, JP Morgan e Netflix, como a violação de e-mails da Sony ou os supostos ataques russos destinados a comprometer o sistema eleitoral dos EUA, a ameaça mais frequente é, na verdade, para pequenas e médias empresas.

E caso sua empresa seja de inovação ou ela esteja passando por um processo de mudança em decorrência da nova economia digital, aproveitando o poder da tecnologia e da Internet, saiba que o risco é ainda maior. É o que os especialistas em cibersegurança chamam de superfície de ataque.

Você deve estar pensando: “Mas tenho firewalls, VPNs, software antivírus atualizado, detecção de malware, funcionários confiáveis ​​e, além disso, ainda não fui atacado”.

Pois é: você “ainda” não sofreu um ciberataque.

Pesquisa realizada pela National Cyber ​​Security Alliance descobriu que:

  • Quase 50% das pequenas empresas sofreram um ataque cibernético.
  • Mais de 70% dos ataques visam empresas de pequeno e médio porte.
  • Cerca de 60% das pequenas e médias empresas invadidas saem do mercado após seis meses.

A Symantec, que rastreia ameaças cibernéticas por meio de uma rede global de mais de 98 milhões de sensores, descobriu mais de 375 milhões de novas variantes de malware em 2016, 98 milhões de bots, 1,1 bilhão de identidades comprometidas por violações e 76% de todos os sites verificados apresentam vulnerabilidades que os tornam alvos de ataques cibernéticos.

Cibersegurança é vital e estratégica

A cibersegurança é um componente vital na infraestrutura da empresa. O sucesso do negócio atualmente também depende da capacidade da organização de proteger suas informações e dados de clientes dos cibercriminosos. Independentemente do tamanho, escopo ou setor, toda empresa que deseja sobreviver deve buscar a resposta para a seguinte pergunta:

Como criar uma estratégia eficiente de cibersegurança?

Toda estratégia deve ser personalizada. Uma técnica adotada de segurança cibernética que funcione para uma empresa não será necessariamente eficaz para outra. É diferente para cada entidade com base em suas necessidades e vulnerabilidades específicas.

No entanto, existem alguns temas gerais que você pode levar em consideração, independentemente do tamanho, escopo ou setor da empresa.

1. Entenda os riscos para operações críticas do negócio

A cibersegurança está constantemente se tornando mais complexa. As organizações devem ter uma visão clara sobre o que a cibersegurança significa para suas operações. Isso inclui gerar um nível aceitável de risco e priorizar áreas a serem alvo da maioria dos investimentos em segurança.

2. Incorpore a estratégia entre departamentos

Uma boa estratégia de segurança deve funcionar com todas as medidas de segurança que uma empresa já possui. As empresas devem intervir de maneira inteligente em áreas cruciais para fechar as brechas existentes e melhorar a segurança geral.

3. Determine as ameaças internas

Muitas das vulnerabilidades que condenam uma empresa a um ciberataque começam com um problema interno. Uma parte de cada pacote de segurança cibernética deve incluir monitoramento interno para impedir que pessoas de dentro da empresa usem seu acesso maliciosamente. O monitoramento de proteção também ajuda a empresa a diferenciar ataques internos intencionais ou acidentais.

4. Planeje violações antecipadamente

Entenda que os hackers estão sempre um passo à sua frente em relação a segurança. Não importa quão boas sejam suas defesas, elas serão violadas em algum momento. Em vez de esperar com medo pelo inevitável, prepare-se para isso. Aumente suas métricas de recuperação de desastres e continuidade de negócios para que, quando algo acontecer, você possa retornar à funcionalidade normal o mais rápido possível.

Reduza o risco do ciberataque

É fundamental usar as melhores práticas e dicas mencionadas acima como ponto de partida para garantir que você esteja se movendo na direção certa. Isso pode literalmente significar a diferença entre a vida e a morte para o seu negócio.

Não permita que a confiança que seus clientes depositam em você seja ameaçada ou violada. E é exatamente isso que você precisa investir em serviços inteligentes de segurança cibernética hoje.

Não espere o ataque, se proteja. Entre em contato com a Planus e saiba como criar uma eficiente estratégia de cibersegurança em sua empresa.

Sobre a Planus Cloud, Networking & Services

A Planus Cloud, Networking & Services é a unidade especializada em serviços e soluções da Planus Tecnologia, reconhecida como uma das maiores integradoras de tecnologia do Brasil, presente no mercado há 31 anos.

Com um perfil consultivo e forte embasamento para orientar os seus clientes sobre o melhor horizonte a seguir, a Planus Cloud, Networking & Services tem como um dos grandes diferenciais a capacidade de atender as necessidades específicas de cada um deles, seja no modelo tradicional On Premise, no modelo Híbrido ou Cloud.

Atua em projetos de ponta a ponta, o que inclui Disaster Recovery, Backup as a Service, alta disponibilidade, soluções de Cloud Services, Networking, Telefonia as a Service, Management Services, Suporte e Manutenção de Hardware, Software e rede, Serviços de gestão de service desk, até toda a estratégia e implantação de projetos.

 

RELATED POST

RELATED POST
15/09/2020

Como manter a segurança de dados em diferentes locais e na nuvem

As empresas que estão se adaptando a economia digital adotaram as plataformas [more]

15/09/2020

A segurança dos dados deve ser a maior estratégia da empresa

A segurança de dados é altamente relevante entre as empresas, especialmente no [more]

9/09/2020

Quais os novos modelos de negócios a indústria 4.0 trará para as empresas

Não são apenas a tecnologia e os processos que a Indústria 4.0 [more]

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.