Descubra como funciona o ambiente de múltiplas nuvens – Planus

Descubra como funciona o ambiente de múltiplas nuvens

14/03/2019

Descubra como funciona o ambiente de múltiplas nuvens

Um ambiente de múltiplas nuvens consiste basicamente em uma estratégia com várias nuvens é o uso de dois ou mais  serviços de computação em nuvem.

Embora uma implantação com várias nuvens possa se referir a qualquer implementação de várias ofertas de nuvem de software como serviço (SaaS) ou plataforma como serviço (PaaS), ela geralmente se refere a uma combinação de ambientes de infraestrutura pública e privada como serviço (IaaS) através de diferentes fornecedores.

Uma estrutura composta de múltiplas nuvens não significa apenas que você pode mover seus dados de uma nuvem para outra com o objetivo de cortar custos. Uma estratégia com várias nuvens permite que você tire proveito de um serviço em que um provedor de nuvem se destaca em um caso de uso e uma nuvem diferente para algo que outro provedor faz melhor.

O surgimento da arquitetura de múltiplas nuvens

Inicialmente, muitas empresas adotaram uma estratégia de múltiplas nuvens porque não tinham certeza sobre a confiabilidade da estrutura utilizada na nuvem. O Multi-cloud, como também é chamado, foi visto como uma forma de evitar perda de dados ou tempo de inatividade devido a uma falha de componente localizada na nuvem.

Além disso, a capacidade de evitar a forte dependência com fornecedores também foi um dos primeiros impulsionadores da adoção de várias nuvens.

Porém, esse conceito evoluiu e atualmente o uso de múltiplas nuvens atende a necessidade das empresas em adotar estruturas complexas visando ter uma ampla variedade de consumidores de tecnologia e uma diversidade de cargas de trabalho implantadas em vários ambientes de nuvem pública e local.

Outra importante evolução do conceito de multi-cloud mostra que esse tipo de arquitetura atualmente não busca especificamente a redução de custos, e sim, a otimização do consumo dos serviços utilizados, assim como os investimentos que são feitos na criação e manutenção da infraestrutura.

O uso de multi-cloud na prática

Para entendermos melhor o uso de um ambiente de múltiplas nuvens, vamos ver um caso de uso real da Cisco.

Um CIO do departamento do governo (EUA) tinha uma visão para simplificar e padronizar os serviços de tecnologia, já que eles transferiram a maior parte da TI para a nuvem pública. O CIO já havia escolhido dois provedores principais de nuvem pública e de forma surpreendente, ou não, descobriu que as equipes de negócios estavam usando cartões de crédito para pagar por serviços de nuvem fora dos fornecedores selecionados.

Com mais de 32.000 funcionários e serviços de TI em 12 unidades de negócios diferentes, era quase impossível controlar essas compras e gerenciar os gastos gerais. Eles precisavam de uma plataforma de gerenciamento de nuvem que permitisse a governança e o controle de custos nesses grupos de consumidores e ambientes dispersos.

O Cisco CloudCenter, plataforma de gestão de ambiente de múltiplas nuvens (nuvem privada e nuvem pública), foi selecionado para padronizar os serviços de TI e ajudar a implementar a governança e o controle de custos.

Eles começaram provando que podiam automatizar o desenvolvimento e a implantação de cargas de trabalho de teste na nuvem, antes de considerar a migração de aplicativos de produção. Benefícios óbvios, como a flexibilidade de escolher ambientes de implementação e evitar o bloqueio de provedor de nuvem pública, foram imediatos.

A adoção de uma solução de gerenciamento multicloud como o Cisco CloudCenter também ajudou a evitar o desperdício, o que reduziu seus custos.

Uma nova arquitetura que também se aplica a PMEs

Pequenas e médias empresas (PMEs), enfrentam desafios diferentes. Muitos não possuem habilidades em nuvem nem equipe suficiente para se tornarem especialistas em todos os ambientes de nuvem. Os orçamentos podem ser apertados e os gastos são priorizados em inovação.

Um ambiente de múltiplas nuvens ajuda a reinventar a estratégia de entrega de serviços de TI através da computação em nuvem. É possível empresas de pequeno e médio porte ter acesso a uma interface comum para vários grupos de desenvolvimento, automatizando a implantação de solicitações de serviço em vários datacenters e nuvens públicas e fornecedores.

O consumo padronizado e simplificado de serviços de TI ajuda a melhorar a qualidade e a velocidade de entrega por meio da automação em ambientes on e off-premises.

A Planus Tecnologia se destaca pelo abrangente modelo de negócios na oferta de Infraestrutura com capacidade para atender das mais simples às mais complexas soluções, das soluções “On Premises” às soluções “As a Service”, da TI Híbrida ao Multi Cloud”, do atendimento às empresas SMB até as maiores do país.

Para saber mais como um ambiente de múltiplas nuvens pode ajudar na estratégia de  crescimento de sua empresa e na otimização de investimentos. Entre em contato com os nossos especialistas, eles estão prontos para ajudar no seu projeto de migração para a nuvem de forma ágil, eficiente e com baixo custo.

 

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.