Soluções de Disaster Recovery garantem a vida dos pacientes. – Planus

Soluções de Disaster Recovery garantem a vida dos pacientes.

18/09/2018

Soluções de Disaster Recovery garantem a vida dos pacientes.

À medida que os ataques cibernéticos e desastres naturais continuam a atingir a hospitais, centros de pesquisa e laboratórios com frequência alarmante, os gestores e times de TI estão recorrendo cada vez mais à soluções de recuperação de desastres para garantir a assistência à saúde da população.

Além de questões de segurança, nos últimos anos temos acompanhado no setor de saúde uma forte transição dos registros médicos para o meio digital. Estamos migrando do meio  tradicional de armazenamento e backup para o foco em redundância e alta disponibilidade à medida que entramos nesse mundo quase sem papel.

Agora, o tempo de recuperação dos sistemas de saúde se tornou decisivo para garantir a expectativa de vida dos pacientes. Entenda melhor como essa transição está acontecendo com a leitura do artigo.

A importância das soluções de Disaster Recovery para o setor de saúde

Uma solução de Disaster Recovery (DR) aplicado ao setor de saúde integra recursos, ações, pessoal e dados necessários para proteger e restabelecer informações de assistência médica no caso de um incêndio, vandalismo, desastres naturais, ataques virtuais ou falhas do sistema.

Por isso, o objetivo principal da recuperação de desastres não se concentra em restaurar arquivos que foram excluídos acidentalmente por um usuário, mas em lidar com situações catastróficas, a exemplo do que aconteceu no Hospital de Câncer de Barretos, onde um ataque malicioso suspendeu 3 mil consultas.

Uma solução de DR, quando bem desenvolvida, deve descrever os procedimentos necessários para retomar processos críticos de negócios após a ocorrência de um desastre natural ou causado pelo homem.

Além disso, a preocupação em garantir os setores ligados a área de saúde tem sido tomado por um profundo senso de urgência sobre o DR em meio a ataques cibernéticos e de ransomware a dados de saúde nos últimos anos por hackers e ladrões de dados.

Sendo assim, uma solução de Disaster Recovery busca garantir a continuidade de cuidados médicos preservando informações a exemplo de:

  • Dados demográficos do paciente;
  • Informações sobre seguro e assistência médica;
  • Listas de medicamentos;
  • Alergias e procedimentos médicos recentes.

À medida que o setor de saúde avança para a adoção de registros eletrônicos de saúde, a necessidade de realizar um planejamento eficiente na recuperação de desastre se torna mais importante.

Por que o planejamento da recuperação de desastres é importante nos serviços de saúde?

Devido à natureza de seus negócios, as organizações de saúde, especialmente hospitais, devem manter um alto grau de disponibilidade do sistema e da rede.

A vida dos pacientes pode depender do funcionamento dos sistemas, e a saúde dos pacientes pode ser comprometida pela falta de acesso a dados de assistência médica no caso de inatividade do sistema.

Isso acontece à medida que os médicos e clínicos se tornam mais dependentes de aplicações clínicas para prestar assistência ao paciente, a importância da prontidão para desastres e da resiliência da infraestrutura nos cuidados de saúde torna-se evidente.

Os primeiros passos para a recuperação de desastres em saúde

O primeiro passo no planejamento da recuperação de desastres para o setor de saúde é conduzir uma análise de impacto nos negócios. Isso envolve a identificação de toda a arquitetura e sistemas que fazem parte da infraestrutura computacional da organização.

Em seguida, é determinado o impacto deles ao negócio, caso eles caiam. No caso de uma organização de saúde, isso inclui determinar o impacto para os pacientes e a prestação de cuidados.

O próximo passo é identificar os possíveis pontos de falha e desenvolver um plano para lidar com essas vulnerabilidades. Esse plano pode incluir o estabelecimento de um data center remoto ou o trabalho com fornecedores de soluções de registros eletrônicos de saúde para determinar contratos de nível de serviço no caso de um desastre ou falha do sistema.

Também é uma boa ideia examinar as diferentes estratégias de replicação de dados disponíveis e determinar quais delas melhor se adaptam à sua organização de assistência médica.

Disaster Recovery é um processo de melhoria contínua

Após a execução dos primeiros passos rumo ao seu plano de recuperação de desastres é chegado a hora de colocá-lo em prática, realizando aquisições ou contratando serviços.

O mais importante ter em mente a necessidade de realizar constantes avaliações verificando a eficiência do plano e integrá-lo a um processo de melhoria contínua.

A Planus, através de sua plataforma de serviços, auxilia as empresas a desenvolverem seus projetos de Disaster Recovery para o segmento de saúde e em outros segmentos.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre como fazer isso, entre em contato conosco agora mesmo. Podemos ajudá-lo em toda essa jornada, fazendo com que sua empresa obtenha todos os benefícios das soluções de recuperação de desastres.

RELATED POST

RELATED POST
18/08/2020

A Infraestrutura como serviços auxilia na diminuição de indisponibilidade

Cada vez mais as empresas estão preferindo a Infraestrutura como Serviço (IaaS), [more]

11/08/2020

A pandemia acelerou os processos digitais e consequentemente os riscos aos negócios

Os líderes empresariais agora acreditam que os processos digitais são essenciais para [more]

11/08/2020

Gerencie a rede da organização para garantir a continuidade do negócio

Eventos problemáticos acontecem e as organizações precisam ser capazes de lidar quando [more]

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.