Jornada para a nuvem: por onde começar? - Planus

Jornada para a nuvem: por onde começar?

30/07/2018

Jornada para a nuvem: por onde começar?

O caminho da transformação digital passa pelas inovações baseadas em cloud. Não à toa, milhares de empresas ao redor do mundo se preparam para transferir para a nuvem seus dados e aplicações.

Os benefícios de economia, produtividade e competitividade são certos, desde que a jornada seja feita de forma adequada às necessidades da organização. Mas como fazer isso? Veja a seguir um passo a passo simples da jornada para a nuvem!

#1. Escolha o provedor de nuvem certo

Existem muitas opções ao procurar serviços em nuvem. Todas, sejam mais ou menos populares, na teoria, oferecerão um bom serviço. Mas selecionar o provedor certo para o seu negócio depende de muitos fatores, e não só a popularidade.

É preciso avaliar o que é mais importante para seu negócio, já que cada fornecedor tem um conjunto específico de características. Alguns oferecem escalabilidade enorme em segundos, enquanto outros oferecem opções de gerenciamento de aplicativos mais personalizadas. O tamanho do banco de dados e a demanda também entram na equação.

Por fim, é óbvio que há necessidade de saber os custos da computação em nuvem, porque não é tão simples quanto os números mostrados nos sites dos provedores. Por isso, antes de escolher, examine detalhadamente a operação dos seus aplicativos e faça simulações.

#2. Faça um planejamento

Antes de transferir para a nuvem, é preciso se preparar. Com o provedor certo, é importante que se faça um planejamento adequado para tornar as etapas a seguir mais fáceis.

Isso envolve analisar o que está em seu ambiente, categorizando tudo em dificuldade de migração. Cada aplicação pode ser transferida de uma forma específica, seja por causa de sua arquitetura, disponibilidade ou pelos acordos de licenciamento.

A partir disso, o gestor é capaz de delinear um plano (que pode ser modificado à medida que a migração avança) considerando a abordagem e a ordem de migração. Pense também em planejar a capacitação dos colaboradores para a nova infraestrutura, para que conheçam todas as novas tecnologias e processos. Tenha planos sobre como o novo serviço será operado na nuvem e qual o nível de missão crítica das aplicações que serão transferidas – a operação pode ficar off-line durante a migração? Ou teremos que manter 100% da disponibilidade? Estes são detalhes muito importantes que precisam ser definidos previamente.

#3. Migre aplicativos e dados

Um bom planejamento evita muitos problemas na hora de transferir para a nuvem. Se ele foi feito, é provável que tudo corra bem na migração de aplicativos e dados com o uso das ferramentas corretas.

Dependendo do tamanho dos bancos de dados e aplicativos, há técnicas diferentes para fazer as cópias. Se não há muito o que migrar, basta copiar os dados pela sua conexão com a Internet. Para cargas de trabalho maiores, porém, isso pode acarretar tempos de transferência ou cobranças muito longos do provedor de nuvem.

Além disso, é muito importante prestar atenção à segurança. Todos os locais de armazenamento temporário usados ​​ao longo do caminho para dados confidenciais devem ser tão seguros quanto seu destino final.

#4. Verifique e valide a migração para a nuvem

A última etapa após transferir para a nuvem é verificar se os dados e aplicações estão funcionando corretamente. Seria maravilhoso se uma estratégia de testes automatizada bastasse para verificar se está tudo em funcionamento e acessível aos usuários, se os componentes internos estão se comunicando adequadamente e se suas ferramentas de administração podem monitorar o novo aplicativo na nuvem.

Entretanto, em muitos casos, especialmente nos mais complexos, ter uma equipe para ajudar nesta etapa é fundamental. Executar com sucesso todas as etapas de verificação e avaliação de nuvem é difícil. Por isso, o auxílio de uma consultoria em TI, que está acostumada com o processo, pode ser a melhor solução.

Qualquer tipo de migração de TI é delicada e requer atenção, planejamento e muita cautela no momento da execução. A experiência é necessária para prever e evitar problemas e custos adicionais. Ao transferir para a nuvem seus dados e aplicações.

Através do portfólio Planus IT 360, temos auxiliado as empresas na jornada para a nuvem. Nosso interesse é que nossos clientes tenham seus dados seguros, disponíveis e suas aplicações funcionando com o máximo da performance.

Por isso, é nossa função entender a fundo o ambiente híbrido das empresas e quais aplicações desempenham melhor e determinados locais (on premises ou cloud).

Se você quer saber mais como fazemos isso, entre em contato conosco. Podemos ajudá-lo em todo o processo de jornada para a nuvem!

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.