Hiperconvergência e Disponibilidade: 3 Pontos a serem levados em consideração – Planus

Hiperconvergência e Disponibilidade: 3 Pontos a serem levados em consideração

12/04/2018

Hiperconvergência e Disponibilidade: 3 Pontos a serem levados em consideração

Hiperconvergência e disponibilidade estão intimamente conectadas ao aumento da produtividade, à redução de custos do negócio e ao seu crescimento.

Atualizar sistemas de gestão, gerenciar documentos, corrigir falhas, ao mesmo tempo em que é preciso lidar com uma capacidade limitada de armazenamento e processamento. Vencer esses desafios da tecnologia da informação é o dia a dia da equipe de TI. Todas essas tarefas estão conectadas à hiperconvergência e disponibilidade.

Mas o que é isso? Confira a seguir os conceitos básicos desses termos e quais pontos devem ser levados em consideração na hora de pensar em soluções de TI que envolvem hiperconvergência e disponibilidade.

Hiperconvergência

A hiperconvergência é uma solução que permite a simplificação das operações de TI, uma vez que trabalha para eliminar silos tradicionais e permite que o gestor, por meio de um único hardware, gerencie armazenamento, computação, rede e virtualização.

De maneira resumida, a hiperconvergência é capaz de garantir que todos os processos, antigos e novos, funcionem bem juntos.

Disponibilidade

Toda empresa precisa ter seus sistemas disponíveis para analisar dados e aproveitar as oportunidades de negócio. É preciso ter uma infraestrutura de TI que permita o acesso e a análise em tempo real. Podemos dizer que a disponibilidade é a capacidade de manter os dados acessíveis pelo maior tempo possível.

Hiperconvergência e Disponibilidade aumentam a produtividade

O gerenciamento e a execução dos recursos em uma única plataforma acelera o processamento de dados e elimina as ineficiências. Considerando os conceitos acima apresentados, essa frase poderia ser traduzida em “a hiperconvergência melhora a disponibilidade dos sistemas”.

Os sistemas hiperconvergentes lidam de forma tranquila com uma infraestrutura complexa, o que aumenta a eficiência operacional da equipe. Isso faz com que ela seja mais produtiva e se destine a realizar tarefas mais estratégicas, que demandam mais tempo e atenção.

Imagine que uma empresa possua uma infraestrutura confusa, em que é difícil saber em qual servidor físico se encontram as máquinas virtuais. A mera troca de um disco rígido seria problemática e demandaria grande tempo, porque seria preciso localizar fisicamente o equipamento.

Por meio do gerenciador único, proporcionado pela hiperconvergência, o gestor desfruta de uma alta disponibilidade de sistemas e de dados. Basta consultá-lo para saber em qual máquina se encontra a falha. O que seria resolvido em 30 minutos, pode ser resolvido em menos de 5 minutos.

Hiperconvergência e disponibilidade alimentam o crescimento do negócio

Quando um gestor não consegue acessar os dados para tomar uma decisão urgente, por exemplo, pode prejudicar o andamento do negócio e perder oportunidades. Mas quando se utiliza um sistema hiperconvergente, os dados estarão disponíveis. Com as informações em mãos, é possível adotar uma estratégia bem fundamentada, o que contribui para o crescimento do negócio.

Além disso, com o aumento da produtividade, a equipe de TI possui mais tempo para se preocupar com questões estratégicas, como a criação de novos serviços para o negócio. Isso também fomenta o desenvolvimento da empresa.

Em um estudo encomendado pela Intersystems junto à IDC, foi concluído que a qualidade da conexão ou a descontinuidade dos dados influencia diretamente sobre os resultados dos negócios. Mais de 75% dos entrevistados afirmam ter perdido oportunidades devido ao atraso de dados. Além disso, 27% alegaram que isso também afetou negativamente a agilidade e a produtividade.

Hiperconvergência e disponibilidade reduzem os custos

Há poucos anos, as equipes de TI de uma empresa se preocupavam em montar a combinação perfeita de hardware e software de um data center. A arquitetura de TI era uma grande “colcha de retalhos”, onde eram armazenados dados das companhias. Com o crescimento dos dados, novos recursos foram demandados para aumentar a infraestrutura, que não parava de crescer.

Com a virtualização e a hiperconvergência, os custos para gerenciar os dados reduziram muito. Atualmente, é possível ter uma infraestrutura completa e virtualizada que oferece alta performance ao acesso de informações e cuida da segurança dos dados. Com disponibilidade, os empresários e a equipe de TI aumentam sua produtividade e diminuem a demanda de pessoal para lidar com as tarefas da área.

Hiperconvergência e disponibilidade estão intimamente conectadas ao aumento da produtividade, à redução de custos do negócio e ao seu crescimento. Para usufruir desses benefícios, é preciso buscar essas soluções de infraestrutura que se adequarão melhor ao negócio e trarão mais vantagens para a TI da empresa.

Se você ainda não conhece a Infraestrutura as a service da Planus, pode estar perdendo uma boa oportunidade.

 

RELATED POST

RELATED POST
15/09/2020

Como manter a segurança de dados em diferentes locais e na nuvem

As empresas que estão se adaptando a economia digital adotaram as plataformas [more]

15/09/2020

A segurança dos dados deve ser a maior estratégia da empresa

A segurança de dados é altamente relevante entre as empresas, especialmente no [more]

9/09/2020

Quais os novos modelos de negócios a indústria 4.0 trará para as empresas

Não são apenas a tecnologia e os processos que a Indústria 4.0 [more]

Entre em contato com um de nossos especialistas de vendas:
(11) 2102-5400 - 0800-7222-7332

© 2017 – Planus. Todos os direitos reservados.